O princípio 80/20 de Pareto

Princeipio 80/20

 

Apesar do termo “princípio” ser um tanto inadequado, o Princípio 80/20 ficou famoso por representar muito bem algumas realidades do mundo em que vivemos, desde fenômenos naturais até comportamentos econômicos e sociológicos.

Há várias possíveis origens para a ferramenta, sendo a descrita pelo italiano Vilfredo Pareto, como a mais bem aceita e que apelida a metodologia. Os relatos contam que ele comparou os resultados produtivos de sua horta com a sua própria pesquisa realizada no início do século XX, que mostrou que 80% tas terras italianas eram pertencentes a 20% dos habitantes no país. Mais tarde em 1940, o seu trabalho foi ratificado pelo guru da gestão da qualidade Joseph Juran que novamente percebeu a relação de que aproximadamente 80% dos problemas de produção eram originados de 20% das causas.

Richard Koch em seu livro “O princípio 80/20: o segredo de se realizar mais com menos”, descreve que é possível aplicar o método em três grandes áreas de nossa via:

  • 20% das entradas levam a 80% das saídas
  • 20% das causas levam a 80% das consequências
  • 20% do esforço levam a 80% dos resultados

Mas será que esse princípio pode ser aplicado com segurança na sua empresa? Na verdade a metodologia não deve ser levada ao pé da letra. O importante é a assimetria da causa e efeito, das saídas e entradas, sejam elas 80/20, 65/35 ou 99/1. Fique de olho no desequilíbrio em si, mais do que nos números propriamente ditos.

Veja duas aplicações empresariais potencialmente reveladoras e que podem lhe auxiliar no mapeamento de causas e na construção de estratégias:

  • Dos lucros, 80% podem vir de 20% dos segmentos de produto/mercado, por isso, concentre sua pesquisa e análise justamente sobre esses 20%. Na verdade, concentre-se nos segmentos que juntos correspondem a 80% de seu lucro acumulado nos próximos anos, não importa se representem 20%, 15% ou 25% de seus segmentos.
  • Do valor criado por uma nova estratégia, 80% podem vir de 20% das novas ideias. O desafio é identificar que novas ideias são essas.

Faturamento

 

Conclusão

O princípio 80/20 ou princípio de Pareto é bastante estimulante. Por um lado, é encorajador, pois sabemos que podemos obter 80% do benefício dedicando apenas 20% do esforço. Tenha isso em mente ao elaborar seu planejamento: não dedique esforço demasiado à pesquisa e análise daqueles segmentos que contribuem apenas com a menor parcela do valor da sua empresa.

 

Referências:

EVANS, Vaughan. Key Strategy Tools, The 80+ tools for every manager to build a winning strategy. 1ª ed. ELSEVIER, 2013.

KOCH, Richard. O princípio 80/20: o segredo de se realizar mais com menos, ROCCO, 2000.

PARETO, Vilfredo. Manual de economia política. São Paulo. Abril Cultural, 1984.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *